Por que mulheres grávidas devem evitar o consumo de sushi?

0 Comments

Pq Gravida Nao Pode Comer Sushi

POR QUE GRÁVIDAS NÃO PODEM COMER SUSHI ? A recomendação médica que sugere evitar sushi durante a gravidez se dá para evitar doenças de parasitas que podem estar presentes em alimentos crus. Veja quais doenças podem ser causadas por estes parasitas: Toxoplasmose.

Os perigos do consumo de peixe cru durante a gravidez

Existem duas questões associadas ao consumo de peixe cru, como mencionado anteriormente: a contaminação por bactérias ou parasitas e a presença de mercúrio.

Existem algumas bactérias perigosas associadas aos peixes que devemos ter cuidado. A Salmonella é uma delas, podendo causar a salmonelose, uma doença caracterizada por febre intensa, vômitos e diarreia que podem levar à desidratação e desnutrição. Outra bactéria preocupante é a Listeria, responsável pela listeriose, uma infecção grave que pode resultar em complicações sérias e até mesmo aborto quando há alta contaminação. Além disso, temos o parasita Anisakiasis, capaz de causar dor de estômago, vômitos, anemia e diarreia. Em alguns casos mais graves também pode ocorrer presença de sangue nas fezes e febre elevada, representando riscos especialmente para gestantes. É importante estar atento a essas ameaças ao consumir peixe para evitar problemas de saúde.

Infecções causadas por esses agentes em mulheres grávidas podem resultar em complicações graves para os bebês, incluindo encefalite, danos nos olhos e comprometimento significativo da visão.

No entanto, o risco de contaminação é semelhante ao que ocorre com outros alimentos crus, como leite não pasteurizado, ovos crus ou mal cozidos, frios (como queijos e embutidos), carnes cruas e folhas e legumes crus.

Em suma, é fundamental ter conhecimento sobre a origem dos produtos que consumimos tanto durante como fora da pandemia.

Quando se trata de sushi, é recomendado escolher um restaurante que você já conhece e onde nunca teve problemas de contaminação. Também é válido visitar a cozinha do local e verificar as condições de higiene.

Embora a manipulação de alimentos por parte dos seres humanos possa apresentar falhas, quando o ambiente é adequadamente preparado para evitá-las, essas falhas são significativamente reduzidas.

You might be interested:  Por quanto tempo o sushi pode ser armazenado na geladeira?

A contaminação por mercúrio varia de acordo com o tipo de peixe e sua origem. Geralmente, ocorre em peixes capturados próximos a garimpos ilegais, por exemplo, ou em peixes que estão no topo da cadeia alimentar.

De acordo com o Departamento de Proteção Ambiental dos EUA, é necessário ter uma atenção especial ao consumir atum, cavala e robalo chileno em rodízios japoneses.

Ao considerarmos os metais, não devemos apenas nos preocupar com o impacto do mercúrio e seus efeitos sobre os peixes. Outros metais como chumbo, arsênico e alumínio também representam riscos para a saúde da mãe e do bebê, incluindo o perigo de malformações. Essas substâncias podem ser encontradas em certos tipos de embalagens, bem como em produtos cosméticos, como desodorantes de longa duração.

Quando se trata de peixe cru, é recomendado consumi-lo com moderação. De acordo com especialistas consultados, o consenso é que seja consumido duas vezes ao mês.

Risco de consumir sushi durante a gravidez

O mercúrio é uma substância altamente tóxica que pode causar danos ao desenvolvimento do feto. Portanto, mulheres grávidas devem evitar o consumo de certas espécies de peixe conhecidas por acumular mercúrio em seus tecidos. Algumas dessas espécies incluem o peixe-espada, o tubarão e o cação.

Lista das espécies de peixe a serem evitadas durante a gravidez:

1. Peixe-espada

2. Tubarão

3. Cação

Riscos de alimentos crus durante a gravidez

É fundamental garantir a higienização adequada de todos os alimentos crus antes do consumo, independentemente de estar grávida ou não. Alguns cuidados importantes devem ser seguidos para evitar problemas relacionados à contaminação alimentar.

A primeira medida é assegurar que os utensílios utilizados estejam sempre limpos, evitando assim a transmissão de bactérias entre diferentes alimentos. É recomendado separar tábuas específicas para o corte de carnes e vegetais.

Além disso, os vegetais também precisam passar por uma lavagem minuciosa um a um, removendo qualquer resquício de terra, insetos parasitas e seus ovos que possam estar presentes na superfície dos alimentos. Deixá-los em solução clorada durante algum tempo também ajuda na desinfecção.

Outro ponto importante é evitar deixar os alimentos crus expostos em temperatura ambiente por muito tempo. O ideal é mantê-los refrigerados até o momento do consumo, pois o frio inibe a proliferação das bactérias nocivas e reduz sua presença nos alimentos. Portanto, ao fazer pedidos delivery com opções cruas ou ao frequentar self-services onde esses tipos de alimento ficam expostos por longos períodos, é necessário ter cautela quanto às condições adequadas de armazenamento e transporte.

You might be interested:  Como Reaquecer Sushi do Dia Anterior

Esses são alguns cuidados simples que devemos adotar no manuseio dos alimentos crus visando garantir nossa saúde e bem-estar.

Risco de consumir peixe cru durante a gravidez

A toxoplasmose é uma infecção causada pelo parasita Toxoplasma gondii, que pode ser adquirida através do consumo de carnes cruas ou mal cozidas, incluindo peixe cru. Embora seja geralmente uma doença leve para adultos saudáveis, a toxoplasmose pode ter consequências graves para mulheres grávidas e seus bebês.

Durante a gravidez, o parasita da toxoplasmose pode atravessar a placenta e infectar o feto em desenvolvimento. Isso pode levar a problemas de saúde no bebê, como danos ao cérebro, olhos e outros órgãos. Além disso, também podem ocorrer defeitos congênitos que afetam o crescimento e desenvolvimento adequados.

Para evitar a infecção por toxoplasmose durante a gravidez ou em qualquer outra situação, é importante tomar algumas precauções simples:

1. Cozinhe bem os alimentos: Certifique-se de que todas as carnes sejam completamente cozidas antes de consumi-las. Evite comer carne crua ou mal passada, especialmente carne suína e bovina.

2. Lave bem as frutas e legumes: Lave cuidadosamente todos os vegetais frescos antes de consumi-los crus. Use água corrente para remover qualquer resíduo potencialmente contaminado com o parasita.

3. Cuidado com higiene pessoal: Lave sempre as mãos após manusear carne crua ou entrar em contato com terra contaminada por fezes de animais infectados pelo Toxoplasma gondii.

4. Congele previamente peixes crus: Se você deseja consumir peixe cru (como sushi), é recomendado congelá-lo previamente a uma temperatura de -20°C por pelo menos 72 horas para matar o parasita.

Lembrando que essas dicas são importantes não apenas para mulheres grávidas, mas também para qualquer pessoa que deseje evitar a infecção por toxoplasmose. Ao adotar esses cuidados simples, você estará protegendo sua saúde e garantindo um ambiente seguro para o desenvolvimento do seu bebê.

Alimentos para as grávidas tomarem cuidado

Ao frequentar esses estabelecimentos, é recomendado dar preferência a opções de alimentos grelhados e cozidos. Embora seja permitido consumir frituras, é importante evitar exageros.

You might be interested:  Molho Doce para Sushi: Qual é o Nome?

É seguro para mulheres grávidas consumirem sushi e sashimi? Descubra os cuidados necessários e os possíveis perigos desses alimentos durante a gestação.

Razão para evitar alimentos crus durante a gravidez

Durante a gravidez, é recomendado evitar o consumo de sushi e outros alimentos crus ou malpassados. Isso se deve ao risco de contaminação por bactérias e toxinas presentes nesses alimentos. O cozimento adequado é fundamental para inativar ou degradar essas possíveis contaminações.

Aqui estão alguns motivos pelos quais as grávidas devem evitar comer sushi:

1. Risco de infecção bacteriana: Alimentos crus, como peixe cru utilizado no sushi, podem conter bactérias nocivas, como Salmonella e Listeria monocytogenes. Essas bactérias podem causar doenças graves tanto na mãe quanto no feto.

2. Toxoplasmose: O peixe cru pode estar contaminado com o parasita Toxoplasma gondii, que causa a toxoplasmose. A infecção por toxoplasmose durante a gravidez pode levar a complicações sérias para o bebê.

3. Mercúrio: Certos tipos de peixes utilizados em sushis são conhecidos por terem altos níveis de mercúrio em sua composição. A exposição excessiva ao mercúrio durante a gestação pode afetar negativamente o desenvolvimento neurológico do feto.

4. Desequilíbrio nutricional: Embora os ingredientes do sushi possam ser nutritivos quando consumidos adequadamente, uma dieta baseada principalmente em sushi não fornece todos os nutrientes necessários para uma gestação saudável.

5. Prevenção da listeriose: A Listeria monocytogenes é uma bactéria encontrada frequentemente em alimentos crus ou malcozidos, como o peixe utilizado no sushi. A infecção por listeria pode levar a complicações graves na gravidez.

6. Contaminação cruzada: Além dos riscos inerentes aos alimentos crus, há também a possibilidade de contaminação cruzada durante o preparo do sushi em restaurantes ou mesmo em casa. Isso ocorre quando utensílios e superfícies contaminadas entram em contato com os ingredientes crus.

7. Sensibilidade ao sabor e cheiro: Durante a gestação, algumas mulheres podem desenvolver aversão a certos sabores e cheiros intensos presentes no sushi, tornando-o desagradável para consumo.

8. Recomendações médicas: Os profissionais de saúde geralmente recomendam evitar alimentos crus ou malpassados durante a gravidez como medida preventiva para garantir uma gestação saudável.